Magaly Prado - Notícias sobre Rádio z

Coloque o selo da Magaly no seu site!

O blog da Magaly vira sua página principal

Adicione ao seu Del.icio.us

Lançamento do meu livro foi dia 7/6 na Fnac Paulista. Saiba mais Veja as fotos

Add to Technorati Favorites

Quem é cadastrado ganha brindes. Cadastre-se agora

  Top ten do leitor-ouvinte

Dial FM de SP:
   Gazeta
   89
   Nova Brasil

 Dial completo
 Dials de outras cidades

 Curiosidades

Computando seu voto...
Carregando resultado

Total de votos:

RSS: Clique com o botão direito do mouse sobre a pílula laranja e copie o endereço RSS deste blog para seu leitor preferido

XML/RSS Feed

www.flickr.com
This is a Flickr badge showing photos in a set called Radiofotos. Make your own badge here.


Rádio Nacional e Rádio MEC estreiam radiodramaturgia com radiocontos

“O Homem que Sabia Javanês”

A primeira edição é na segunda, às 20h, de Lima Barreto

Lima Barreto

Lima Barreto (1881 - 1922)

O programa de estreia da série Contos no Rádio apresentará a radiofonização do conto O Homem que Sabia Javanês, de Lima Barreto, um crítico mordaz da sociedade brasileira de então, como pode ser percebido nesta obra.

A obra de 1911 relata em tom satírico o comportamento generalizado associado ao povo brasileiro, e que até hoje não deixa de apresentar certa verdade - o que confere a este conto um caráter moderno em virtude da atualidade do tema. Lima Barreto conta a história de um homem que não deixa escapar a oportunidade de se tornar “alguém”, mesmo que para isso tenha de se passar por algo que não é.

Castelo, o protagonista e narrador deste caso, é uma espécie de malandro que se aproveita da ingenuidade e da boa fé de algumas pessoas para galgar um espaço na sociedade e sair da sua irregular situação de vida. O homem encontra na figura do supersticioso Barão de Jacuecanga – um homem de título e de dinheiro, que precisava aprender javanês para realizar uma promessa feita ao pai e livrar a família de qualquer maldição – a chance de iniciar sua escalada social.

No elenco:
Gerdal dos Santos, Luiz Octavio Moraes, Cristiano Menezes, Laio Jr, Philipp Peixoto, Tony Godoy

O radioteatro de volta à Rádio Nacional e Rádio MEC

Peças adaptadas da literatura brasileira e universal serão veiculadas na série 'Contos no Rádio'

Gravação de radionovela na Rádio Nacional

Gravação de radionovela na Rádio Nacional

A Rádio Nacional do Rio de Janeiro e a Rádio MEC voltam a produzir e transmitir uma de suas maiores atrações em todos os tempos: o Radioteatro. Com linguagem contemporânea, peças adaptadas da literatura brasileira e universal serão veiculadas na série Contos no Rádio, dia 25l, na MEC AM; e dia 28, na Rádio Nacional. Entre os autores escolhidos estão Lima Barreto, João do Rio, Machado de Assis, Raul Pompéia, Mário de Andrade e Alberto Moravia. O projeto faz parte das atividades do recém-criado Núcleo de Radiodramaturgia da EBC. Futuramente, a iniciativa será estendida a outras emissoras da empresa.

A Rádio Nacional foi nos anos 40 e 50, a principal emissora da América Latina e uma das cinco maiores do mundo, sendo a primeira de alcance nacional levando a todo o país novelas, programas de auditório, humor e musicais, noticiosos como o Repórter Esso, e transmissões esportivas. Ao longo de sua história, a Rádio MEC atuou também como protagonista e produtora de cultura. Além dos programas musicais e educativos, contava com um elenco fixo de radioteatro. Do cast da emissora saíram grandes atores, como Fernanda Montenegro, Edmundo Lys, Sadi Cabral, Sérgio Viotti, Magalhães Graça, Agnes Fontoura, Allan Lima e Ieda Oliveira, entre tantos outros.

Gravação de radioteatro na Rádio MEC

Gravação de radioteatro na Rádio MEC

O Radioteatro passou a fazer parte das programações das duas emissoras nos anos 1940. A Nacional veiculava folhetins cubanos traduzidos e adaptados, além de seriados, até formar seu cast de autores, entre eles Oduvaldo Viana, Dias Gomes, Janette Clair e Mário Lago. O sucesso alcançado pode ser avaliado pelos números da época: entre 1943 e 1945, foram transmitidas 116 novelas.

A Rádio MEC começou com o Radioteatro da Mocidade, em 1945. No seu elenco, a atriz Fernanda Montenegro. Outro sucesso que ia ao ar, ao vivo, era o Reino da Alegria, produzido por Geni Marcondes. O Terra Brasileira, com Ieda Oliveira, Hamílton Santos, Magalhães Graça e outros, transmitia histórias voltadas para o homem do campo.

Além de novelas e seriados, a Radiodramaturgia tinha nos programas humorísticos da Rádio Nacional, a alavanca para altos índices de audiência. Nos anos 1930, duplas como Alvarenga e Ranchinho e Jararaca e Ratinho destacavam-se na Rádio Nacional como legítima expressão do humor brasileiro. Já nos anos 1950, o grande sucesso era o programa Balança Mas Não Cai, criação de Max Nunes, com numeroso elenco e a dupla formada por Paulo Gracindo e Brandão Filho, nos inesquecíveis papéis, Primo Rico e Primo Pobre.

Equipe do Núcleo de Radiodramaturgia das Rádios EBC

Equipe do Núcleo de Radiodramaturgia das Rádios EBC

O Núcleo de Radiodramaturgia da EBC não apenas contribui para a retomada de uma tradição, como possibilita a renovação do próprio rádio, com a chegada de uma nova geração de artistas e profissionais, dentre os quais, atores, dramaturgos, diretores, produtores e sonoplastas.

Com coordenação e direção artística da atriz e diretora Marília Martins, o Núcleo de Radiodramaturgia da EBC estreia, no dia 25 de abril, a série inédita Contos no Rádio, programas de 20 a 30 minutos cada. (do site da Rádio MEC)

 

Veja



Escrito por Magaly Prado às 17h44
[ ] [ envie esta mensagem ]


José Luiz Portella passa a fazer faz parte da equipe de comentaristas da CBN

 


José Luiz Portella é o novo comentarista da CBN. O quadro “Construindo São Paulo” vai ao ar às segundas, quartas e sextas-feiras, às 10h10, no programa “CBN São Paulo”, apresentado por Fabíola Cidral.

Portella levanta os problemas sobre o planejamento urbano da maior metrópole brasileira e propõe soluções para os desafios do dia a dia do paulistano: trânsito caótico, enchentes, poluição do ar, segurança - os temas serão postos em discussão no quadro “Construindo São Paulo”.

José Luiz Portella é engenheiro civil especializado em planejamento urbano, com atuações nas áreas de transportes, trânsito, saúde, educação, ambiente, esportes e programas sociais. Foi secretário-executivo dos ministérios do Esporte e dos Transportes, secretário estadual dos Transportes Metropolitanos e de Serviços e Obras da Prefeitura de São Paulo. Além das obras, era responsável pelos parques e áreas verdes da cidade e pela administração do destino do lixo. (com informações da assessoria de imprensa do Sistema Globo de Rádio)

 



Escrito por Magaly Prado às 10h58
[ ] [ envie esta mensagem ]

© 2004. Todos os direitos reservados. Expressamente proibido a publicação e/ou utilização deste conteúdo sem autorização.
Meu humor:

  Escutando todas!

Magaly Prado é jornalista, radiomaker, professora universitária e escritora. Doutoranda em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP e bolsista da CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Ensino Superior. É Mestre em Tecnologias da Inteligência e Design Digital pela PUC-SP, pós-graduada em Comunicação Jornalística pela Faculdade Cásper Líbero, onde cursou Jornalismo e na qual ministra aulas de Produção de Rádio e Radiojornalismo II e pesquisa Publicidade no Rádio, no CIP –Centro Interdisciplinar de Pesquisa. Ministra também aulas de Linguagem Aplicada ao Audiovisual, Jornalismo On-line e Livro-Reportagem na FMU –Faculdades Metropolitanas Unidas– e Introdução ao Jornalismo na ESPM –Escola Superior de Propaganda e Marketing. É professora convidada do MBA de Rádio e TV da Universidade de Tuiuti do Paraná (UTP), no qual ministra Roteiro Avançado de Rádio. Publicou os livros "Produção de Rádio - Um Manual Prático" pela editora Campus/Elsevier, em 2006, e “Webjornalismo” pela LTC/ GEN, em 2010, quando criou uma página com informações aumentadas em .
 Leia mais
 Cursos de Rádio
 Palestras sobre Rádio

 Fale Conosco
 Responda quatro perguntas sobre rádio na web, por favor

 Eventos do mês

  Ouça entrevista com a Magaly

Histórico:
Ver mensagens anteriores

 Sugestão de leitura

LINKS
 Radio Uol
 Site da minha filhota
 Ondas Curtas
 Helio Ribeiro
 Uolk


Pesquisas interessantes:
  O que a classe "A" ouve?

Matérias polêmicas:
  89FM vira 89 Pop
  Vem aí a rádio MTV FM
  Record compra Guaíba AM/FM

  SulAmérica Trânsito FM

Entrevistas especiais:
  Paulo Bonfá
  João Gordo detona 89

  Paulo Lopes
  Fiori Giglioti





Por problemas técnicos, este contador zerou e recomeçou a contar a partir de novembro


powered by ODEO