Magaly Prado - Notícias sobre Rádio z

Coloque o selo da Magaly no seu site!

O blog da Magaly vira sua página principal

Adicione ao seu Del.icio.us

Lançamento do meu livro foi dia 7/6 na Fnac Paulista. Saiba mais Veja as fotos

Add to Technorati Favorites

Quem é cadastrado ganha brindes. Cadastre-se agora

  Top ten do leitor-ouvinte

Dial FM de SP:
   Gazeta
   89
   Nova Brasil

 Dial completo
 Dials de outras cidades

 Curiosidades

Computando seu voto...
Carregando resultado

Total de votos:

RSS: Clique com o botão direito do mouse sobre a pílula laranja e copie o endereço RSS deste blog para seu leitor preferido

XML/RSS Feed

www.flickr.com
This is a Flickr badge showing photos in a set called Radiofotos. Make your own badge here.


RÁDIO RASGO DE LUZ

 

rádio rasgo de luz - 13 de outubro as 18h30 na galeria da CAIXA CULTURAL, Rio de Janeiro

Lilian Zaremba

 

a serpente ouve com os pulmões. O peixe, com as laterais do corpo.

Este som constituído por ínfimas e rápidas mudanças de pressão no interior de um ambiente (ar ou água) se origina de uma fonte vibratória, propagada no exterior como ondas, essas que um dia foram nomeadas luminipherous aether.            

William Crookes químico e ocultista britânico, deduziu ter descoberto a representação de uma “matéria radiante”  batizando seu invento de “rádio meter” no mesmo século em que Samuel Morse desenvolveu o que chamou de uma nova e útil máquina e sistema de sinais para transmitir inteligência entre pontos distantes, enquanto Helena Blavatsky abria as portas do salão de sua Sociedade Teosófica para frequentadores ilustres como Thomas Edison,  aonde a ucraniana recebia vozes transmitidas do além...

Eletricidade era o poder básico disponível embora ainda incompreensível, sendo elucidado parcialmente por químicos, físicos, engenheiros, matemáticos, inventores e aventureiros desta efervescência eletromagnética chamada de ondas eletrodinâmicas, vibrações elétricas, ondas elétricas e luminipherous aether. Então, a certa altura, Crookes, considerado um dos inventores na cadeia mater do rádio exclamou: Alere Flamman! A lâmpada da Ciência deve queimar!

Isto porque segundo o cientista, os meios adotados pelo homem para iluminar sua casa à noite caracterizavam sua posição na escalada da civilização. Daí o Oriente e seu betume fluido; a lâmpada dos etruscos ou a gordura de baleia impregnando os iglus dos esquimós...a vela...depois a lâmpada elétrica...

 

rádio simulacrum: um rasgo de luz

 

No embate entre as forças sobrenaturais do vampirismo e da telepatia, Bram Stoker fincou o arco narrativo de sua novela Drácula, onde os protagonistas equipados com um fonógrafo gravaram, compilaram e transmitiram informações, rastreando os movimentos daquele conde vampiro sanguinário, interferindo em seus poderes verbais e telepáticos. A voz gravada, reproduzida no ambivalente papel do fonógrafo no século 19 brota seminal problemática da linguagem do rádio, a saber: as interferências, vazios, dead air, interrupções de lógica e sentido, e todas as instâncias de um universo fantasmático.  Assim como a sombra que é e não é seu objeto transitam as falas neste corpo da radiofonia, território já descrito por Gregory Whitehead como o “ habitat natural da imaginação sem fios” sendo completado por Allen S.Weiss , “...este ponto não localizável e misterioso onde já não se distingue ouvinte e rádio”.

Exatamente nesta topografia aonde um aleph de convergências se instala, abrindo o espectro para a percepção de outros fundamentos para a linguagem radiofônica, colocamos um  ponto de penumbra entre a voz sussurrante e sua reverberação,  eco de cigarras que entoam o fim da luz e seu calor esvaindo...na ocultação de um mecanismo de gravação e reprodução, transformado em espectro de luz, vela incandescente simulacrum sonoro na visão desta narrativa: o som só se estabelece quando as ondas se deslocam com o vento. É possível escutar ... uma sombra acústica, um eco solar, uma miragem radiofônica.

    

rádio rasgo de luz:

 

instalação de Lilian Zaremba

imagens filmadas em digital por Lucia Helena Zaremba

voz : Eduardo Fajardo

edição de áudio: ECOSOM – 2008.

montagem estrutural : Fernando Sant’Anna

 

     

Lilian Zaremba

 

roteirista e produtora radiofônica, pesquisadora doutora em teorias da comunicação, vem trabalhando diferentes aspectos da linguagem e transmissão radiofônica associada às artes sonoras. Seus trabalhos mais recentes foram apresentados em 2008 no Museu de Arte Contemporânea - MAC (projeto Poéticas Experimentais da Voz), Rádio-Forum Escuta! (Londrina, Paraná) Festival Radial X (Lisboa) , programa especial sobre Arte Sonora e Radioarte (MEC-FM , Rio de Janeiro), artigo no livro Teorias do Rádio II (INTERCOM, Santa Catarina) e atualmente finaliza uma audio reportagem sobre o músico Walter Smetak para o Museu de Arte Moderna de São Paulo.



Escrito por Magaly Prado às 10h16
[ ] [ envie esta mensagem ]


RÁDIOS COMUNITÁRIAS FRANCESAS E AS LICENÇAS PARA OPERAÇÃO COMO RÁDIOS DIGITAIS TERRESTRES

Uma bandeira em favor das rádios comunitárias

Terminou em 1º de outubro, o prazo para que as rádios comunitárias francesas enviassem ao Conselho Superior do Audiovisual - Conseil supérieur de l’audiovisuel – (CSA) a documentação necessária para solicitar uma licença para operarem como Rádios Digitais Terrestres.

Grande parte das emissoras não o fez devido ao alto custo que o processo de digitalização do sinal acarreta a suas operações.

Na França existem 600 rádios comunitárias oficiais, dentre as quais 307 são representadas pelo Sindicato Nacional das Rádios Livres - Syndicat national des radios libres - (SNRL), que entende que suas afiliadas deveriam sim enviar a documentação de solicitação mesmo que o custo de operar o sinal digital seja alto.

Em Lyon o custo médio para uma rádio comunitária operar o é de € 20 mil por ano, com o sinal digital estima-se que este custo seja o dobro.
Aqui no Brasil, no ano passado, discutiu-se sobre o mesmo problema. As rádios comunitárias não teriam acesso ao benefício da nova tecnologia, pois o custo para a modernização da aparelhagem poderia chegar a R$ 1 milhão, dependendo da estrutura que a emissora possuísse.

Problemas tecnológicos e financeiros à parte, vejo que o problema do Brasil em relação às rádios comunitárias é bem maior que a atualização de processos de transmissão.  Segundo dados da Associação Brasileira das Rádios Comunitárias (Abraço), em 2007 mais de 20 mil pedidos de operação encontravam-se parados, aguardando a outorga do Ministério das Comunicações.

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 48,6% dos municípios brasileiros existem rádios comunitárias, superando pela primeira vez as emissoras comerciais de FM (34,3%) e as de AM (21,2%), todavia os outros 51,4% dos municípios não contavam com uma emissora sequer.

As rádios comunitárias deveriam ser vistas como o oxigênio cultural das atuais empresas de radiodifusão, em sua maioria, presa a modelos comerciais e paradigmas culturais estratificastes. Para mim, as rádios comunitárias têm um papel fundamental não só nas comunidades que atuam, mas, sobretudo para a revitalização do mercado como um todo. São escolas para locutores, operadores e técnicos, além de palco para novos talentos.

Percebo também que são escolas de como se fazer rádio, onde tem uma rádio comunitária, tem público fiel, tem identificação com o ouvinte, tem vitalidade e diversidade.
Se há uma bandeira que deveria ser levantada no segmento de rádio no Brasil, esta deveria ser a simplificação e a aceleração da outorga das rádios comunitárias.

(Publicado por Nauro Rezende Júnior em Caros Ouvintes Fonte: Le Monde / Agência Brasil)

 



Escrito por Magaly Prado às 16h25
[ ] [ envie esta mensagem ]


JOVEM PAN AM PRESTA TRIBUTO A CARTOLA

Em homenagem ao centenário de Cartola, a Jovem Pan produziu um programa especial que pretente traçar um panorama sobre a obra de Angenor de Oliveira, o sambista carioca que conseguiu lançar seu primeiro disco de estúdio com 66 anos de idade.

O programa contará com sonoras de Cartola e Dona Zica colhidas no arquivo Jovem Pan, além da participação de pessoas que fizeram parte da vida do compositor, como Paulinho da Viola, Beth Carvalho, Alcione, Elton Medeiros, Nei Lopes, Hermínio Bello de Carvalho, Eli Gonçalves (Chinha, presidente da Mangueira), a neta Nilcemar Nogueira e Sérgio Cabral. (dica do Marcos Lauro, do Radio Base)

Serviço:

Rádio Ao Vivo
Um Século de Cartola
Produção, entrevistas e edição: André Graziano
Sonorização: Zezé Guimarães
Apresentação: José Luiz Menegatti
Jovem Pan AM
Sexta-feira, 10/10, 21h30
 



Escrito por Magaly Prado às 14h19
[ ] [ envie esta mensagem ]


BandNews FM chega à cidade de Campinas

Rede passa a contar com oito emissoras no país

A rede BandNews FM passa a contar com uma nova afiliada na cidade de Campinas. A emissora pode ser sintonizada na freqüência 106,7 MHz na região metropolitana de Campinas, um dos principais mercados do país. A cidade possui PIB superior a R$ 20 bilhões e conta com 1 milhão de habitantes aproximadamente.

A estréia no interior paulista reforça o objetivo da rede de se estabelecer nos principais mercados do país. Os ouvintes de Campinas se juntam aos ouvintes de São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Belo Horizonte, Porto Alegre, Salvador e Brasília.

A BandNews FM tem forte atuação local em cada uma de suas praças. Prestação de serviço, espaço para debate político e fiscalização dos poderes públicos regionais são características da emissora, que conta com Ricardo Boechat, Boris Casoy e Marcelo Parada em seu time de âncoras. Nomes consagrados como José Simão, Mônica Bergamo, Guilherme Barros, Dora Kramer, Ruy Castro, Barbara Gancia, Raquel Rolnik e Rosely Sayão são alguns dos colunistas da BandNews FM. (por assessoria de imprensa do Grupo Bandeirantes de Rádio)

www.bandnewsfm.com.br



Escrito por Magaly Prado às 13h04
[ ] [ envie esta mensagem ]


JAZZMASTERS DE SÁBADO

Neste sábado nossa viagem musical passa pela Australia, Argentina, Uruguai, Áustria, França, Japão, Inglaterra, Arábia e Estados Unidos. Provando mais uma vez que não existe fronteira para a música boa. Destaque 5 estrelas para a "Samurai" do Jazztronik. Não perca!!! (por Paulo Mai e Sérgio Scarpelli)

1.Kylie Auldist - That's why
2.Bajofondo - Grand Guignol
3.Maktub - See clearly
4.Louie Austen - In my heart
5.Skalp - Don't it mess with my mind
6.DJ Gomi - Hot Nights (Kenny Dope Remix)
7.Ben Westbeech - Hang Around
8.Kyoto Jazz Massive - Kudu
9.Malik Adouane - Shaft
10.Jazztronik - Samurai
11.Lettuce - Sam Huff's flying Raging Machine
12.Mondo Grosso - Vibe PM

Eldorado FM - 92,9 - São Paulo-SP
Sábado, às 20h
Drops de segunda a sexta às 10h35 e 14h35

Transamérica Light FM
Curitiba-PR 95,1 - Estrela-RS 102,9 - Rosário do Sul-RS 97.9
Sábado, às 21h
Drops de segunda a sexta às 10h55 e 16h55

Litoral FM - 91,9 - São Vicente (Santos e Litoral Sul)
Sábado, às 21h
Rreprises: Terça 18h e Quinta 21h
Drops de segunda a sexta às 10h e 15h

Beira Mar FM - 102,7 - São Sebastião - 101,5 - Ubatuba
Domingo e Quarta, às 20h
Drops de segunda a sexta às 08h45 e 17h55

Calypso FM - 106,7 - Fortaleza-CE
Sábado, às 19h
Drops de segunda a sexta às 10h40 e 14h40

A Tarde FM - 103,9 - Salvador-BA
Sábado, às 20h - Reprise: Terça, às 18h
Drops de segunda a sexta às 07h50 e 12h20

Cultura FM - 95,5 - Araçatuba-SP
Domingo, às 21h e Quarta, às 22h
Drops de segunda a sexta as 07h40 e 13h

 



Escrito por Magaly Prado às 12h58
[ ] [ envie esta mensagem ]


QUEM OUVIA A RÁDIO EXCELSIOR NO SEU AUGE, NOS ANOS 70, PODE SINTONIZÁ-LA AGORA PELA INTERNET

 

FAÇANHA DO RADIALISTA ANTONIO CELSO

Excelsior - A máquina do som - Ouça



Escrito por Magaly Prado às 14h14
[ ] [ envie esta mensagem ]


TEORIAS DO RÁDIO (CAPÍTULO 2) SERÁ LANÇADO EM SANTA CATARINA NO DIA 17

Teorias do Rádio, volume 2, será lançado em Joiville, SC, durante o 4º Encontro de Professores de Jornalismo do Paraná e 2º Encontro de Professores de Jornalismo de Santa Catarina.

 

O lançamento está marcado após a Solenidade e Conferência de abertura dos Encontros, que iniciam 19h.

Local: Associação Educacional Luterana Bom Jesus/Ielusc.
Endereço: Rua Princesa Isabel, 438. Centro, Joinville/SC.

Teorias do Rádio - textos e contextos - Volume II

organização de Eduardo Meditsch e Valci Zuculoto

Florianópolis, Insular/Posjor/UFSC, 2008

Coleção NP's Intercom n.o 8

Entre alguns capítulos:

 

Cinzas de uma fogueira (pelo rádio – 1923-1926)

Edgard Roquette-Pinto

 

Roquette-Pinto e o ensino pelo rádio

Luiz Artur Ferraretto

 

A natureza do meio: limitações e possibilidades do rádio

Mario Kaplún

Kaplún e o rádio a serviço da emancipação

Eduardo Meditsch e Juliana Gobbi Betti

 

 

O rádio como arma política : os modelos de propaganda nas guerras   

Julian Anthony Stuart Hale

Julian Hale e a  propaganda ideológica nas ondas radiofônicas

Luciano Klöckner

 

A escrita do acontecimento

Roland Barthes

Barthes e o protagonismo da palavra radiofônica

Valci Regina Mousquer  Zuculoto

 

Rádio radical e a nova paisagem sonora

R. Murray Schafer

Murray Schafer e a paisagem sonora

Carmen Lucia José  e Marcos Julio Sergl

 

Rumo ao rádio polimorfo

Tetsuo Kogawa

Kogawa e as polimorfaces do rádio

Lilian Zaremba

 

Perspectiva semiótica da comunicação radiofônica

Miguel de Moragas Spa

Moragas Spa e a semiótica da comunicação radiofônica

Mágda Cunha

 

A fala do rádio : um estudo dos percursos dos nossos erros

Erving Goffman

Goffman: a fronteira sutil entre a fala cotidiana e a locução no rádio

Sônia Caldas Pessoa

 

A criatividade no contexto do rádio atual

Mariano Cebrián Herreros

Cebrián Herreros e a inovação radiofônica

Claudia Irene de Quadros 

***

O livro pode ser solicitado direto a editora insular (www.insular.com.br) pelo endereço : editora@insular.com.br eles enviam pelo Correio e chega rápido



Escrito por Magaly Prado às 10h51
[ ] [ envie esta mensagem ]

© 2004. Todos os direitos reservados. Expressamente proibido a publicação e/ou utilização deste conteúdo sem autorização.
Meu humor:

  Escutando todas!

Magaly Prado é jornalista, radiomaker, professora universitária e escritora. Doutoranda em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP e bolsista da CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Ensino Superior. É Mestre em Tecnologias da Inteligência e Design Digital pela PUC-SP, pós-graduada em Comunicação Jornalística pela Faculdade Cásper Líbero, onde cursou Jornalismo e na qual ministra aulas de Produção de Rádio e Radiojornalismo II e pesquisa Publicidade no Rádio, no CIP –Centro Interdisciplinar de Pesquisa. Ministra também aulas de Linguagem Aplicada ao Audiovisual, Jornalismo On-line e Livro-Reportagem na FMU –Faculdades Metropolitanas Unidas– e Introdução ao Jornalismo na ESPM –Escola Superior de Propaganda e Marketing. É professora convidada do MBA de Rádio e TV da Universidade de Tuiuti do Paraná (UTP), no qual ministra Roteiro Avançado de Rádio. Publicou os livros "Produção de Rádio - Um Manual Prático" pela editora Campus/Elsevier, em 2006, e “Webjornalismo” pela LTC/ GEN, em 2010, quando criou uma página com informações aumentadas em .
 Leia mais
 Cursos de Rádio
 Palestras sobre Rádio

 Fale Conosco
 Responda quatro perguntas sobre rádio na web, por favor

 Eventos do mês

  Ouça entrevista com a Magaly

Histórico:
Ver mensagens anteriores

 Sugestão de leitura

LINKS
 Radio Uol
 Site da minha filhota
 Ondas Curtas
 Helio Ribeiro
 Uolk


Pesquisas interessantes:
  O que a classe "A" ouve?

Matérias polêmicas:
  89FM vira 89 Pop
  Vem aí a rádio MTV FM
  Record compra Guaíba AM/FM

  SulAmérica Trânsito FM

Entrevistas especiais:
  Paulo Bonfá
  João Gordo detona 89

  Paulo Lopes
  Fiori Giglioti





Por problemas técnicos, este contador zerou e recomeçou a contar a partir de novembro


powered by ODEO