Magaly Prado - Notícias sobre Rádio z

Coloque o selo da Magaly no seu site!

O blog da Magaly vira sua página principal

Adicione ao seu Del.icio.us

Lançamento do meu livro foi dia 7/6 na Fnac Paulista. Saiba mais Veja as fotos

Add to Technorati Favorites

Quem é cadastrado ganha brindes. Cadastre-se agora

  Top ten do leitor-ouvinte

Dial FM de SP:
   Gazeta
   89
   Nova Brasil

 Dial completo
 Dials de outras cidades

 Curiosidades

Computando seu voto...
Carregando resultado

Total de votos:

RSS: Clique com o botão direito do mouse sobre a pílula laranja e copie o endereço RSS deste blog para seu leitor preferido

XML/RSS Feed

www.flickr.com
This is a Flickr badge showing photos in a set called Radiofotos. Make your own badge here.


MORRE ANTONIO CARVALHO, RADIALISTA DA BANDEIRANTES AM, VÍTIMA DA LEUCEMIA

Morre Antônio Carvalho, aos 62 anos, radialista veterano da rádio Bandeirantes. Carvalho já havia se ausentado dos microfones da madrugada da emissora por conta de problemas de saúde. Deixa um legião de ouvintes que o acompanhavam seu programa "Grande Sampa", das 4h às 6h.

Ouça aqui a homenagem que a Band AM prestou ao radialista:

Homenagem Antônio Carvalho
Ouça agora a homenagem da Rádio Bandeirantes ao apresentador Antônio Carvalho, que faleceu na madrugada deste sábado, em São Paulo

Carvalho morreu de leucemia às 4h em São Paulo.

Da Folha Online-

Natural de Lavras (MG), Antônio Carvalho começou a trabalhar em rádio aos 13 anos, quando foi repórter da rádio Cultura de Lavras. Em 1968 mudou-se para São Paulo, com o objetivo de se formar em Direito e trabalhar na rádio Bandeirantes.

Atuou na Jovem Pan até setembro de 1969, quando entrou para a equipe da Bandeirantes no programa "Titulares da Notícia".

Desde então, apresentou na rádio diversos programas como o "Freqüência Balançada", o vespertino "Acontece" e o ainda no ar "Ciranda da Cidade", até chegar nos que apresentava atualmente: "Arquivo Musical", desde o início da década de 70, e "Grande Sampa", desde 2001.

Nos últimos anos a leucemia o afastou diversas vezes do trabalho de radialista, até que no dia 8 de abril Antônio Carvalho apresentou pela última vez o noticiário da madrugada "Grande Sampa". Na ocasião, já estava debilitado pelo tratamento da doença e teve que ficar internado.



Escrito por Magaly Prado às 22h45
[ ] [ envie esta mensagem ]


RÁDIO JORNALÍSTICA DO GOVERNO FEDERAL

O Governo Federal pretende desenvolver uma rádio recheada exclusivamente com programação noticiosa. A Empresa Brasileira de Comunicação (EBC), ligada ao Palácio do Planalto,  tem atualmente oito emissoras radiofônicas e a expectativa é que uma delas transmita notícias de forma ininterrupta. A informação foi repercutida por Mônica Bergamo, nesta quinta-feira, pelo jornal Folha de S.Paulo.

Segundo a jornalista, as outras rádios não devem sofrer adaptações significativas e continuarão a transmitir programações culturais como música clássica e brasileira. (Notícia do Adnews)



Escrito por Magaly Prado às 21h00
[ ] [ envie esta mensagem ]


FORA DE SÉRIE LEMBRA DEZ ANOS DA MORTE DE FRANK SINATRA

 

No último dia 14 de maio, o mundo lembrou dez anos da morte do maior cantor popular de todos os tempos: FRANK SINATRA. O nova-iorquino (de Hoboken) Francis Albert Sinatra marcou a canção popular em todo o mundo por seu estilo elegante, interpretação sóbria, dicção perfeita, charme inconfundível.

 

Além de excepcional cantor, Sinatra foi também ator de qualidade, ganhando um Oscar em 1953 pela inesquecível interpretação do soldado Ângelo Maggio no clássico A Um Passo da Eternidade (From Here To Eternity), dirigido por Fred Zimermann para a Columbia Pictures.

 

Em disco, The Voice teve várias fases: em 1939, quando foi crooner da orquestra de Harry James e gravou pela Columbia, de 1939 a 1942, como crooner da orquestra de Tommy Dorsey e em seus primeiros discos solo, todos pela RCA, de 1942 e 1953 na Columbia, tempo de altos e baixos, de 1953 e 1961 na Capitol, o melhor período de sua carreira, e de 1961 a 1984, quando gravou pela Reprise, companhia por ele fundada e depois vendida à Warner Brothers.

 

Depois da Reprise, Sinatra fez um disco pela Qwest, de Quincy Jones e voltou à Capitol para os dois álbuns Duets, que seriam seus últimos trabalhos.

 

O FORA DE SÉRIE, programa criado, produzido e apresentado pelo jornalista, radialista e produtor musical TONINHO SPESSOTO, relembra hoje, 15 de maio, o inigualável FRANK SINATRA com gravações dos tempos da Reprise e do álbum pela Qwest. Foi o período de maior liberdade do artista, no qual ele literalmente gravou o que quis.(informações da 2T Comunicação)

Eis o roteiro:

 

BLOCO 1

 

THE GIRL FROM IPANEMA – Frank Sinatra & Antonio Carlos Jobim

ALL THE WAY

COME FLY WITH ME

I’VE GOT YOU UNDER MY SKIN

L.A. IS MY LADY

 

 

BLOCO 2

 

LOVE AND MARRIAGE

MY KIND OF TOWN

MY WAY

SOMETHIN’ STUPID – Frank Sinatra & Nancy Sinatra

NIGHT AND DAY

 

 

BLOCO 3

 

SOMETHING

STRANGERS IN THE NIGHT

THAT’S LIFE

THEME FROM NEW YORK, NEW YORK

THE LADY IS A TRAMP (Ao Vivo no Madison Square Garden)

 

 

FORA DE SÉRIE

Produção e Apresentação: TONINHO SPESSOTO

Quintas-Feiras, às 21 horas

REDE USP DE RÁDIO

93,7 MHz – São Paulo

102,1 MHz – São Carlos

107,9 MHz – Ribeirão Preto

www.radio.usp.br



Escrito por Magaly Prado às 17h48
[ ] [ envie esta mensagem ]


TRANSALOUCA RECEBE ZÉ DO CAIXÃO

 

O ator e diretor de cinema José Mojica Marins, mais conhecido como Zé do Caixão, vai participar do programa Transalouca amanhã, dia 16/05, para contar sobre sua experiência na TV e seu personagem.

 

Zé do Caixão é o personagem mais famoso do ator e foi criado por ele, em 1963, depois de ser atormentado por um pesadelo no qual um vulto o arrastava até seu próprio túmulo.

 

A primeira aparição do Zé do Caixão foi no filme "À Meia-Noite Levarei Sua Alma", em 1963. Desde então, apareceu em diversos filmes do gênero.

 

Sobre o Transalouca
Ruy Balla, Fuzil, Rudy, Fernandinha e Siri apresentam o programa mais alto astral do horário de almoço na Transamérica Pop.
Com irreverência e muito humor, o quinteto entrevista bandas, apresentadores, celebridades, troca uma idéia com os ouvintes, comenta fatos do meio artístico, faz denúncias e, pasmem, eles dão algumas notícias! As notícias são as mais esdrúxulas possíveis, é verdade, mas não se pode dizer que eles não informam o ouvinte...
O programa tem ainda os ‘Trotes Nacionais e Internacionais’ – em que a galera apronta pra cima de muita gente – games com disputas entre os ouvintes valendo prêmios, sátiras de programas da TV com os artistas participando em situações pra lá de absurdas e muito mais.
Essa mescla de 'humor inteligente' com quadros bacanas e uma maneira diferente de entrevistar forma o ‘Transalouca’, que vai ao ar em rede nacional, de segunda a sexta-feira, das 12h às 14h. Das 12h às 13h, a atração é transmitida para a rede (menos para São Paulo). Já das 13h às 14h, o programa é transmitido para toda a rede (incluindo São Paulo). Tel. 0300 789 1001. E-mail.
louca@transanet.com.br
 (informações da assessoria da rádio)



Escrito por Magaly Prado às 17h29
[ ] [ envie esta mensagem ]


NOVA SCALLA TIRA O SOSSEGO DOS RADIODIFUSORES?

Veja bem: se o grupo Bandeirantes tornar a Scalla uma rádio que possa realmente balançar o dial, a concorrência vai ter uma baita dor de cabeça. Eldorado, por exemplo, vizinha da frequência, pode até chiar em relação a autorização dos 92,5: se pode funcionar no dial de São Paulo-capital. As demais como Antena 1 e Nova FM, que possuem público cativo, só devem se preocupar a médio prazo, até porque a Scalla tem pequena audiência. Ou não? Será que já estão com os dirigentes inquietos? Vamos aguardar!

Obs.: quem não conhece a história da negociação para que a emissora vire Rádio Bradesco Prime ou Rádio Outronomedepatrocinador pode ler o post do dia 9 (abaixo) ou este aqui do dia 10/4.



Escrito por Magaly Prado às 11h49
[ ] [ envie esta mensagem ]


Sistema Globo de Rádio e Instituto 1 Rio criam rádio online

No ano em que a Bossa Nova completa 50 anos, o Sistema Globo de Rádio saiu na frente ao ser escolhido para fazer a rádio do portal do Instituto 1 Rio e do projeto “Só existe um Rio” – www.1rio.net – , uma parceria entre o Governo do Estado e instituições privadas que promete consolidar a imagem do Rio de Janeiro no exterior.

 

Valendo-se de sua relação histórica com a música carioca, o SGR oferecerá uma seleção apurada do que a cidade produziu de melhor: desde o samba de raiz, passando pela Bossa Nova e o crescimento do interesse internacional pela música brasileira, até chegar aos dias atuais, com os novos compositores criados na Lapa, a releitura de clássicos e a consolidação de uma sonoridade capaz de agradar aos gostos mais universais sem perder a autenticidade.

 

Entre os artistas selecionados estão Cartola, Tom Jobim, Vinícius de Moraes, Chico Buarque, Luiz Melodia, Pedro Luís, Roberta Sá, Bebel Gilberto e muitos outros que, em algum momento de suas trajetórias, estiveram fortemente ligados à cidade.(informações do Sistema Globo de Rádio)



Escrito por Magaly Prado às 11h34
[ ] [ envie esta mensagem ]


RBS TIRA METRÔ DO AR

Do Comunique-se - O Grupo RBS enviou comunicado hoje (12/05) informando que a programação da rádio Metrô FM (91,3 MHz), de Porto Alegre, deixará de ser transmitida a partir de 13/05. A decisão baseia-se na constatação de que a emissora possui o mesmo público-alvo da Rádio Cidade (92,1 MHz), que incorporará as principais atrações do veículo.

Especializada em samba e pagode, a Metrô é direcionada a jovens de 15 a 24 anos. Incorporada pela RBS em dezembro de 2004, a rádio terá seus principais programas, eventos e comunicadores absorvidos pelo canal mais antigo, no ar desde 1979.

Conforme a assessoria de imprensa da rede, uma campanha publicitária informando a mudança começará a ser veiculada em 13/05, sendo que já circulam vinhetas sonoras antecipando a migração. Com o fim das transmissões da Metrô, a RBS passará a operar 25 emissoras de rádio divididas entre Rio Grande do Sul e Santa Catarina. (por Marianna Senderowicz, de Porto Alegre)



Escrito por Magaly Prado às 18h10
[ ] [ envie esta mensagem ]


JORNAL EM TRÊS TEMPOS DA RÁDIO BANDEIRANTES TEM NOVOS ÂNCORAS

 

 

A partir de hoje, 12 de maio, o Jornal em Três Tempos estréia um novo formato. Dois âncoras, Chiara Luzzati e Paulo Galvão, apresentarão o programa, que conta com a locução de Muíbo Cury.

 

O Três Tempos é um jornal com duas horas e meia de duração e é divido, como o próprio nome sugere, em três partes. Na primeira meia hora, das 16 às 16h30, o destaque vai para o giro de manchetes, com notícias internacionais, nacionais, do esporte, do trânsito, do tempo, da cidade e das estradas. Na segunda parte, das 16h30 às 18h, o jornal movimenta a reportagem da Rádio Bandeirantes, além de realizar entrevistas, conversas e análises. E na última, das 18h às 18h30, a transmissão passa a ser em rede nacional BandSat, na qual são tratadas as notícias de interesse de todo o país.

 

No Três Tempos também há a participação dos colaboradores Dráuzio Varella (saúde), Alexandre Rangel (mundo empresarial), Antoninho Rossini (publicidade), Ciro Lilla (vinhos), Joel Leite (mercado automotivo) e César Monteiro (tecnologia da informação)

Todo dia também há, às 16h40, um quadro fixo: “A Economia e Você”. O jornalista Guilherme Barros realiza entrevistas com especialistas e esclarece dúvidas sobre o mundo econômico.

 

O Jornal em Três Tempos vai ao ar de segunda a sexta, das 16h às 18h30, na Rádio Bandeirantes (AM 840 / FM 90,9).

 

 

Os novos âncoras

 

Chiara Luzzati

Jornalista com mais de 10 anos de experiência no rádio, Chiara Luzzati volta à Rádio Bandeirantes, onde trabalhou até 2005. Foi âncora do Jornal da Hora e do Bandeirantes Vai às Compras. Antes já havia comandado os microfones da BandNews FM e da Eldorado AM. Atual editora do Jornal da Noite, com Boris Casoy na tela da Band, volta agora volta à Rádio Bandeirantes para ancorar o Jornal em Três Tempos ao lado de Paulo Galvão.

 

 

Paulo Galvão

Formado em Jornalismo pela Cásper Líbero e em História pela USP, Paulo Galvão cursa, atualmente, pós-graduação em Jornalismo Econômico na PUC-SP. O jornalista possui ainda especializações em Jornalismo Impresso, pelo Jornal O Estado de S. Paulo, e em Telejornalismo, pela USP. Trabalha na Rádio Bandeirantes desde 1998. Apresentou o Jornal de Amanhã durante oito anos e a partir de 2006 passou a integrar a equipe de reportagem. Em 2007 recebeu os prêmios Caixa de Jornalismo Social e IGE de Jornalismo por reportagens sobre saúde e educação.(informações da assessoria da Band). 



Escrito por Magaly Prado às 00h09
[ ] [ envie esta mensagem ]


OUÇA TERÇA NA MEC FM

Bill

no fim foram as valsas. mas não só no fim. uma constante musical no universo do compositor e pianista norteamericano     BILL EVANS      vamos escutá-las, terça-feira meia noite do dia 13 de maio, MEC-FM.(por Lilian Zaremba)



Escrito por Magaly Prado às 00h04
[ ] [ envie esta mensagem ]


ADEUS ARTUR DA TÁVOLA! 1936-2008

O coração do poeta não agüentou. O radialista, jornalista e ex-senador Artur da Távola  morreu sexta-feira, aos 72 anos, no Rio. Foi enterrado ontem, à tarde, em um caixão coberto pela bandeira do Fluminense.

Artur da Távola era presidente da rádio Roquette Pinto, emissora pública do Estado do Rio de Janeiro e ficou conhecido no meio radiofônico e até fora dele por suas apresentações de programas de rádio de música erudita. Era o profissional mais antigo na rádio MEC, do Rio, na qual comandava um programa de música clássica.

Sua célebre frase que fechava seus programas:

“Música é vida interior e quem tem vida interior jamais padecerá de solidão.”

Da Folha Online- Artur da Távola era o pseudônimo de Paulo Alberto Monteiro de Barros.

29.dez.00/Alexandre Campbell/Folha Imagem

Artur da Távola

Ele também apresentou na emissora, cuja freqüência é 94,1 FM RJ, o programa dominical "Esta Bossa Sempre Nova" e "Mestres da Música". Ele também apresentou e produziu "Vida e Obra de Rachmaninoff" às quintas-feiras.

Na rádio Senado, Távola veiculou o "Música do Brasil" e "Crônica Musical". Na rádio Cultura FM ele apresentou o "Música Clássica com Artur da Távola" aos domingos.

Távola também foi responsável pelo elogiado programa "Quem Tem Medo da Música Clássica?", na TV Senado, onde ele comentava a obra, o contexto histórico e a vida de uma série de compositores eruditos.

Além de seu trabalho com a música, Távola também era escritor. Em seu site é possível encontrar alguns de seus poemas e de suas crônicas.

Em seu blog, o jornalista chegou a comunicar que estava doente e não iria continuar escrevendo. (FOL)

***

Para quem não o conheceu, algumas informações colhidas na rede.

seu site http://www.arturdatavola.com/  uma homenagem.

seu blog: http://www.arturdatavola.blogger.com.br/

O último post:

"Embora enfermo desde agosto de 2007, com risco de vida, nas breves oportunidade em que não esteve internado, o titular deste blog nele não mais pôde escrever. Ele ficou aberto sujeito à interferência de internautas que se comprazem em entrar em domínios alheios.

Embora não mais internado em hospital prossigo em tratamento doméstico e assim será por algum tempo. Nessas circunstâncias, peço desculpas a quem o procure. Ele está momentaneamente congelado por seu titular. Espero voltar na plenitude de minhas possibilidades dentro de dois ou três meses. E conto com sua compreensão."

Algumas rádios nas quais atuava:

Rádio Roquette Pinto 94,1 FM "ao vivo"

On-Line 24 horas.


Cultura FM - SP

Repertório: Música Clássica com Artur da Távola.
Domingos, às 10h

| Audição 24 horas. |

e ainda em três programas na Rádio Senado



Escrito por Magaly Prado às 10h58
[ ] [ envie esta mensagem ]

© 2004. Todos os direitos reservados. Expressamente proibido a publicação e/ou utilização deste conteúdo sem autorização.
Meu humor:

  Escutando todas!

Magaly Prado é jornalista, radiomaker, professora universitária e escritora. Doutoranda em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP e bolsista da CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Ensino Superior. É Mestre em Tecnologias da Inteligência e Design Digital pela PUC-SP, pós-graduada em Comunicação Jornalística pela Faculdade Cásper Líbero, onde cursou Jornalismo e na qual ministra aulas de Produção de Rádio e Radiojornalismo II e pesquisa Publicidade no Rádio, no CIP –Centro Interdisciplinar de Pesquisa. Ministra também aulas de Linguagem Aplicada ao Audiovisual, Jornalismo On-line e Livro-Reportagem na FMU –Faculdades Metropolitanas Unidas– e Introdução ao Jornalismo na ESPM –Escola Superior de Propaganda e Marketing. É professora convidada do MBA de Rádio e TV da Universidade de Tuiuti do Paraná (UTP), no qual ministra Roteiro Avançado de Rádio. Publicou os livros "Produção de Rádio - Um Manual Prático" pela editora Campus/Elsevier, em 2006, e “Webjornalismo” pela LTC/ GEN, em 2010, quando criou uma página com informações aumentadas em .
 Leia mais
 Cursos de Rádio
 Palestras sobre Rádio

 Fale Conosco
 Responda quatro perguntas sobre rádio na web, por favor

 Eventos do mês

  Ouça entrevista com a Magaly

Histórico:
Ver mensagens anteriores

 Sugestão de leitura

LINKS
 Radio Uol
 Site da minha filhota
 Ondas Curtas
 Helio Ribeiro
 Uolk


Pesquisas interessantes:
  O que a classe "A" ouve?

Matérias polêmicas:
  89FM vira 89 Pop
  Vem aí a rádio MTV FM
  Record compra Guaíba AM/FM

  SulAmérica Trânsito FM

Entrevistas especiais:
  Paulo Bonfá
  João Gordo detona 89

  Paulo Lopes
  Fiori Giglioti





Por problemas técnicos, este contador zerou e recomeçou a contar a partir de novembro


powered by ODEO