Magaly Prado - Notícias sobre Rádio z

Coloque o selo da Magaly no seu site!

O blog da Magaly vira sua página principal

Adicione ao seu Del.icio.us

Lançamento do meu livro foi dia 7/6 na Fnac Paulista. Saiba mais Veja as fotos

Add to Technorati Favorites

Quem é cadastrado ganha brindes. Cadastre-se agora

  Top ten do leitor-ouvinte

Dial FM de SP:
   Gazeta
   89
   Nova Brasil

 Dial completo
 Dials de outras cidades

 Curiosidades

Computando seu voto...
Carregando resultado

Total de votos:

RSS: Clique com o botão direito do mouse sobre a pílula laranja e copie o endereço RSS deste blog para seu leitor preferido

XML/RSS Feed

www.flickr.com
This is a Flickr badge showing photos in a set called Radiofotos. Make your own badge here.


Especialistas dos EUA encontram mais antiga gravação de voz




Por Will Dunham

WASHINGTON (Reuters) - Historiadores dos registros sonoros norte-americano localizaram e conseguiram executar a gravação de uma canção folclórica realizada por um inventor francês em 1860 --a mais antiga gravação de som conhecida, realizada 17 anos antes de Thomas Edison inventar o fonógrafo.

"É mágica", disse David Giovannoni, um dos historiadores, na quinta-feira. "Como ouvir um fantasma cantando."

Com duração de 10 segundos, a gravação mostra uma pessoa cantando "au clair de la lune, Pierrot repondit" ("à luz da Lua, Pierrô respondeu"), parte de uma canção francesa, de acordo com o First Sounds, um grupo de historiadores do registro sonoro, engenheiros de gravação, arquivistas de áudio e outros profissionais dedicados a preservar as mais antigas gravações sonoras humanas.

A gravação foi realizada em 9 de abril de 1860 pelo inventor parisiense Edouard-Leon Scott de Martinville, em um aparelho que ele chamou de "fonautógrafo", que gravava ondas sonoras em uma folha de papel escurecida pela fumaça de uma lâmpada a óleo, disse Giovannoni.

O pesquisador disse ter sido informado em 1º de março sobre a existência do registro, em um arquivo de Paris, e viajou à capital francesa uma semana mais tarde. Especialistas que trabalham com o grupo First Sounds então transformaram as ondas registradas no papel em sinais sonoros.

"Isso é importante em tantos níveis diferentes," disse Giovannoni em entrevista telefônica. "Não reduz de maneira alguma as realizações de Thomas Edison. Ele continua a receber crédito como a primeira pessoa a ter registrado sons por meios mecânicos."

"Mas a verdade é que ele foi a primeira pessoa a registrar som e conseguir reproduzi-lo. Havia muita gente trabalhando em projetos semelhantes ao de Scott, entre as quais Alexander Graham Bell, que realizou experiência com representações visuais do som antes que Edison inventasse um método de reproduzir os sons registrados", disse Giovannoni.

A gravação será apresentada na sexta-feira em uma conferência da Association for Recorded Sound Collections, na Stanford University, Califórnia, disse Giovannoni. A gravação pode ser ouvida em
www.firstsounds.org/press/032708/index.php.



Escrito por Magaly Prado às 23h01
[ ] [ envie esta mensagem ]


BANDSCALLA ESTRÉIA DIA 1 DE MAIO

Estréia mesmo? Muito tititi a respeito do grupo Bandeirantes ocupar o lugar da Scalla FM no dial paulistano. Segundo consta, está confirmado pela parte de Paulo Abreu, detentor da frequência, que inclusive já assinou, mas falta o Johnny Saad assinar. Dizem que tem até data para a estréia: dia 1 de maio.

Porém, não se sabe o que a Bandeirantes vai colocar no ar, se será a tão almejada Band FM Esportes, ou uma rádio adulta com uma empresa bancando nos moldes da SulAmérica Trânsito, ou ainda a retransmissão da Bandeirantes AM, já que a frequência que ela está hoje não tem grande alcance e não "pega"em todos os lugares. 

O fato é que a Scalla já não era a mesma Scalla original, aquela que tocava música orquestrada e focava no público 55+. Nos últimos tempos ela mudou radicalmente e deu uma alphanizada. De qualquer forma, se a negociação vingar mesmo, ela continuará sendo transmitida para o interior. Ortolândia e arredores.

E os 100,5 que já foi ocupado pela própria Scalla? Aliás, é notório que a emissora dos "tiozinhos" andou bastante pelo dial, não foi? (eu que o diga, pois os ouvintes não paravam de me mandar email. Depois cansaram). Os 100,5, de Sorocaba, ganhou recentemente investimento na torre e transmite de lá o clone da Tupi FM, que está de coordenador artístico novo. Fechou contrato há uma semana, o Enio (não lembro o sobrenome. Alguém lembra?). Ênio Roberto. Também, a última vez que o vi, foi quando a CBS (ainda tinha esse nome) ficava no Butantã. Lembro-me que quem dirigia a Kiss FM era o Marcelo Aranha. Época boa da Kiss, só com as pérolas dos anos 50 e 60. O fato é que Enio deve estar nesse momento no esquema de reunionices para dar uma mexida na programação, como todos fazem quando entram em uma emissora. Novos programas e blá blá blá. Vamos esperar para ver.

Voltando à pendenga da Scallaband. Parece que a negociação estagnou. Especula-se que foram procurar a dupla Ivan e Icaro para ver como seria o arrendamento da Ômega FM, já que os pastores evangélicos devolveram a emissora. Vai saber! 

Assim como a negociação da Playground FM com a ex-Brasil 2000 também está difícil de rolar. Até tiraram a Vaninha, a programadora da equipe. Tentaram também com o Paulo Abreu, mas, segundo consta, ele não tem mais frequências disponíveis para arrendamento, e por outro lado, Abreu tem o projeto da Kids FM. Mas não há novidades no front, pelo menos não estão me deixando a par. Vamos aguardar as mudanças no dial FM mais cobiçado do Brasil.



Escrito por Magaly Prado às 15h36
[ ] [ envie esta mensagem ]


CBN recebe André Jung (ex-Ira) e Nenhum de Nós na Sala de Música

 

O programa Sala de Música, da rádio CBN (SP: 90,5 FM e 780 AM), recebe no próximo sábado (29 de março) o ex-baterista do Ira, André Jung. O músico apresenta seu novo projeto Urban Tótem, com sonoridade diversificada e influência da música black brasileira dos anos 70, da MPB tradicional e grande ênfase em arranjos percussivos. Acompanham o baterista os mesmos músicos que estiveram com o Ira durante a excursão Acústico MTV. Ele fala ainda sobre o fim da banda, depois de quase três décadas de uma carreira consagrada.

Na segunda parte do programa, outro nome que ganhou a mídia e o público durante os anos 80, o grupo gaúcho Nenhum de Nós. Os integrantes estão novamente na estrada para divulgar o disco ao vivo “A Céu Aberto”. O novo trabalho marca os 20 anos de carreira da banda, que mantém a mesma formação desde o início de sua história.

Apresentado pelo jornalista João Carlos Santana, Sala de Música é exibido todos os sábados às 21h, em rede nacional pela CBN. (por Helena Junqueira, do SISTEMA GLOBO DE RÁDIO)

 

***

Pra quem não sabe, o André Jung é jornalista formado pela ECA-USP e adora automobilismo e tinha (ou tem?) um programete de rádio que falava do assunto na ex-Brasil 2000, a 107,3 FM, de São Paulo.



Escrito por Magaly Prado às 02h51
[ ] [ envie esta mensagem ]


TV Alterosa fecha parceria com Rádio Itatiaia

Da Redação do Comunique-se

Fechada a parceria, profissionais da TV Alterosa e da Rádio Itatiaia dão início a trabalhos conjuntos. O encontro vai focar na cobertura jornalística e esportiva e na prestação de serviços à comunidade.

O Bola na Área, por exemplo, estréia dia 29/03 e vai reunir nomes conhecidos dos dois veículos, que vão analisar as informações esportivas do momento.

Já no Alterosa Urgente, a partir do dia 31/03, de segunda a sexta-feira, Carlos Vianna estará presente tanto na TV como no rádio. Vai comentar notícias sobre o que acontece no bairro e na cidade dos telespectadores. Um dos repórteres será Laudívio Carvalho, que também é apresentador da Itatiaia. Rafael Martins vai entrar ao vivo através da unidade móvel da TV Alterosa, para mostrar o que é notícia na cidade. Serão 50 minutos no ar, em dois momentos. O primeiro das 12h às 12h15min, antes do Alterosa Esporte, com um aquecimento do que será destaque. As matérias vão ao ar das 13h25min às 14h, depois do Jornal da Alterosa – 1ª edição.

O jornalista Thiago Reis vai entrar ao vivo de diversos locais de Belo Horizonte, onde vai ouvir a opinião dos torcedores. Leopoldo Siqueira e Péricles de Souza se revezam na mediação do programa, que terá 45 minutos de duração. As duas equipes trabalham juntas nas pautas. O programa vai ao ar aos sábados, às 12h30min.

O Portal Uai vai difundir conteúdo nas mais diferentes plataformas disponíveis.




Escrito por Magaly Prado às 10h00
[ ] [ envie esta mensagem ]


Fora da lei: políticos de direita são donos da mídia

De Brasília- Os políticos dos partidos conservadores de direita e de centro, DEM,
PSDB e PMDB são os “donos da mídia” nacional. É o que conclui o
Instituto de Estudos e Pesquisas em Comunicação (Epcom). Ao total, 271
políticos são sócios, proprietários ou diretores de emissoras de rádio
e TV. Contrariando a legislação, a maioria deles é prefeito, seguidos
dos deputados estaduais.

Dos políticos-proprietários de meios de comunicação, 147 são prefeitos
(54,24%), 48 (17,71%) são deputados federais; 20 (7,38%) são senadores;
55 (20,3%) são deputados estaduais e um é governador. Esses números,
porém, correspondem apenas aos políticos que possuem vínculo direto e
oficial com os meios – não estão contabilizadas as relações informais e
indiretas (por meio de parentes e laranjas), que caracterizam boa parte
das ligações entre os políticos e os meios de comunicação do país.

“Salta aos olhos a quantidade de prefeitos donos de veículos de
comunicação. Demonstra a conveniência do Executivo em usar esses meios
para manter uma relação direta com seu eleitorado”, destaca James
Görgen, pesquisador do Epcom.

Entre as mídias mais apreciadas pelos prefeitos, conforme a pesquisa,
destacam-se o rádio OM (espaço onde acontecem os debates públicos) e as
rádios comunitárias (que permitem a proximidade com a comunidade, a
troca diária com o eleitorado, seja por meio da administração da rádio,
seja pelo controle da programação). ''Assim, eles garantem suas bases
eleitorais'', avalia Görgen. Já os senadores e deputados aparecem como
proprietários de mídias com maior cobertura, como as TVs e FMs.

“Em ano de eleições, é difícil imaginar que esses políticos deixem de
usar seus próprios meios de comunicação para tirar vantagem logo de
saída na corrida eleitoral”, analisa o pesquisador, dando como exemplo
os prefeitos-proprietários, que este ano podem usufruir de temporada
maior que a regulamentar da campanha para fazer sua exposição positiva.
“Isso dá a eles uma vantagem enorme e representa um risco à
democracia”, conclui.

Em relação às regiões, relativizando as proporções de cada uma e a
densidade de municípios, a pesquisa confirma a prática do chamado
“coronelismo eletrônico” concentrado no nordeste brasileiro, onde
prevalecem políticos controlando meios de comunicação.

Quanto aos partidos, esses políticos surgem assim: 58 pertencem ao DEM,
48 ao PMDB, 43 ao PSDB, 23 são do PP, 16 do PTB, 16 do PSB, 14 do PPS,
13 do PDT, 12 do PL e 10 do PT.

Os números apresentados são resultado do cruzamento de dados da Agência
Nacional de Telecomunicações (Anatel) com a lista de prefeitos,
governadores, deputados e senadores de todo o país.

Coronelismo eletrônico

No ano passado, uma subcomissão especial da Comissão de Ciência,
Tecnologia e Informática (CCTCI) da Câmara dos Deputados, analisou os
processos de outorga no setor de radiodifusão e apresentou, em
dezembro, relatório revendo as normas de concessão de rádio e
televisão. Uma proposta de Emenda Constitucional foi encaminhada pelo
grupo, acrescentando um parágrafo ao artigo nº 222 da Constituição, que
estabelece: ''não poderá ser proprietário, controlador, gerente ou
diretor de empresa de radiodifusão sonora e de sons e imagens quem
esteja investido em cargo público ou no gozo de imunidade parlamentar
ou de foro especial''.

A presidente da subcomissão, deputada Luíza Erundina (PSB-SP),
explicou, na época, que, como esse artigo ainda não foi regulamentado,
os detentores de cargos públicos conseguem burlar a Constituição.
Segundo ela, os políticos utilizam essas brechas para adquirir
emissoras.

O coordenador-geral do Fórum Nacional pela Democratização da
Comunicação (FNDC), Celso Augusto Schröder, condena a utilização
privada das concessões públicas e defende que a lei seja mais clara e
que sejam construídos ritos públicos eficientes.

A deputada relatora da proposta, Maria do Carmo Lara (PT-MG) declarou,
no relatório, que a propriedade e a direção de emissoras de rádio e
televisão 'são incompatíveis' com a natureza do cargo político.

O texto cita ainda um 'notório conflito de interesses' dos
parlamentares, já que os pedidos de renovação e de novas outorgas de
rádio e TV passam pela aprovação dos próprios deputados e senadores. A
proposição ainda não foi posta em votação.

De Brasília
Alberto Marques
Com Ana Rita Marini, do Fórum Nacional Pela Democratização da Comunicação

Universidade Estadual Paulista - UNESP/Bauru
Faculdade de Arquitetura, Artes e Comunicação - FAAC



Escrito por Magaly Prado às 09h49
[ ] [ envie esta mensagem ]


LA VIE EN ROSE EM TRÊS VERSÕES

Uma homenagem à canção francesa. Três versões diferentes para o mesmo clássico:

Edith Piaf – La Vie en Rose
Louis Armstrong – La Vie en Rose
Grace Jones – La Vie en Rose

A partir desse programa, você tem duas opções para ouvir o Outra Versão. Além do já conhecido www.futurodojornalismo.zip.net, tem também o www.outraversao.podomatic.com. Lá, você pode fazer o download do arquivo e ouvir onde e quando quiser. É a modernidade...(Marcos Lauro)




Escrito por Magaly Prado às 17h30
[ ] [ envie esta mensagem ]

© 2004. Todos os direitos reservados. Expressamente proibido a publicação e/ou utilização deste conteúdo sem autorização.
Meu humor:

  Escutando todas!

Magaly Prado é jornalista, radiomaker, professora universitária e escritora. Doutoranda em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP e bolsista da CAPES - Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Ensino Superior. É Mestre em Tecnologias da Inteligência e Design Digital pela PUC-SP, pós-graduada em Comunicação Jornalística pela Faculdade Cásper Líbero, onde cursou Jornalismo e na qual ministra aulas de Produção de Rádio e Radiojornalismo II e pesquisa Publicidade no Rádio, no CIP –Centro Interdisciplinar de Pesquisa. Ministra também aulas de Linguagem Aplicada ao Audiovisual, Jornalismo On-line e Livro-Reportagem na FMU –Faculdades Metropolitanas Unidas– e Introdução ao Jornalismo na ESPM –Escola Superior de Propaganda e Marketing. É professora convidada do MBA de Rádio e TV da Universidade de Tuiuti do Paraná (UTP), no qual ministra Roteiro Avançado de Rádio. Publicou os livros "Produção de Rádio - Um Manual Prático" pela editora Campus/Elsevier, em 2006, e “Webjornalismo” pela LTC/ GEN, em 2010, quando criou uma página com informações aumentadas em .
 Leia mais
 Cursos de Rádio
 Palestras sobre Rádio

 Fale Conosco
 Responda quatro perguntas sobre rádio na web, por favor

 Eventos do mês

  Ouça entrevista com a Magaly

Histórico:
Ver mensagens anteriores

 Sugestão de leitura

LINKS
 Radio Uol
 Site da minha filhota
 Ondas Curtas
 Helio Ribeiro
 Uolk


Pesquisas interessantes:
  O que a classe "A" ouve?

Matérias polêmicas:
  89FM vira 89 Pop
  Vem aí a rádio MTV FM
  Record compra Guaíba AM/FM

  SulAmérica Trânsito FM

Entrevistas especiais:
  Paulo Bonfá
  João Gordo detona 89

  Paulo Lopes
  Fiori Giglioti





Por problemas técnicos, este contador zerou e recomeçou a contar a partir de novembro


powered by ODEO